Depois de subir de forma consistente por três semanas, o preço do milho desabou ontem na Bolsa de Chicago. O contrato para entrega em março encerrou o pregão cotado a US$ 3,9350/bushel, com desvalorização de 4,55%.

Segundo analistas, a queda foi provocada por vendas de especuladores, que resolveram embolsar parte dos lucros recentes antes do fim do ano. Conforme os preços caíam, ordens técnicas de venda eram acionadas, acelerando o movimento. Apesar da queda, o milho acumula alta de 7,6% no mês.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.