O vice-presidente da Associação Chinesa de Estudos Latino-americanos, Xu Shicheng, defende que o encontro dos países do Bric na sexta-feira avance no processo de institucionalização do grupo, com a criação de uma secretaria-geral e a previsão de reuniões periódicas entre os dirigentes e ministros de Estado. Mas, para ele, o grupo deveria incluir mais dois países emergentes, o México e a África do Sul.

O vice-presidente da Associação Chinesa de Estudos Latino-americanos, Xu Shicheng, defende que o encontro dos países do Bric na sexta-feira avance no processo de institucionalização do grupo, com a criação de uma secretaria-geral e a previsão de reuniões periódicas entre os dirigentes e ministros de Estado. Mas, para ele, o grupo deveria incluir mais dois países emergentes, o México e a África do Sul. <i>As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.</i>

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.