Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Espanha segue outros países e aumentará garantias para depósitos

Madri, 6 out (EFE) - O Governo espanhol aumentará, com efeito imediato, o Fundo de Garantia de Depósitos (FGD), mas não especificou em que percentual, informaram hoje fontes oficiais após a reunião do presidente do Executivo, José Luis Rodríguez Zapatero, com os dirigentes de bancos e cadernetas de poupança.

EFE |

Atualmente, o Fundo de Garantia de Depósitos na Espanha é de 20 mil euros (quase US$ 27 mil) por titular e entidade financeira.

As fontes explicaram que o aumento do fundo tem como objetivo "reforçar" a confiança dos cidadãos, dos depositários de contas e dos empresários no sistema financeiro espanhol.

Tanto Zapatero quanto os dirigentes dos bancos e cadernetas de poupança espanhóis coincidiram em ressaltar a "solvência e fortaleza" do sistema econômico espanhol na reunião, e confirmaram seu "compromisso de proteção aos poupadores e investidores", acrescentaram as fontes.

O Governo não especificou os valores aos quais será elevado o Fundo de Garantia de Depósitos.

Com esta decisão, a Espanha se une às medidas anunciadas por vários países europeus, que aumentarão as garantias dos depósitos de seus poupadores e investidores, na maioria dos casos até 100%.

Na reunião foram analisadas as medidas adotadas até o momento pelo Banco Central Europeu (BCE) e que são estudadas pelo Conselho de Ministros de Economia e Finanças da União Européia (Ecofin). EFE pamp/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG