Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Espanha rejeita acordo entre UE e América Latina no tema da banana

Genebra, 28 jul (EFE).- O secretário de Estado de Meio Rural e Água espanhol, Josep Puxeu, rejeitou hoje os termos do acordo alcançado entre os negociadores da União Européia (UE) e da América Latina para baixar a tarifa européia às importações de banana.

EFE |

Puxeu disse à imprensa que a Espanha não está de acordo com o compromisso sobre a redução da tarifa européia que taxa a importação de banana da América Latina, anunciado neste domingo à noite na reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC), que chega hoje a seu oitavo dia.

O pacto, com o qual os Estados da América Latina dão por encerrada a histórica disputa sobre a banana, prevê que o encargo atual (176 euros por tonelada) à entrada da fruta no mercado europeu caia progressivamente, até 114 euros em 2016.

Puxeu disse que o acordo ainda não é definitivo, e que, além disso, os negociadores europeus devem informar ao Conselho de Ministros do bloco europeu.

"Estamos pendentes de qualquer avanço, que passa pela retirada absoluta de todos os painéis (litígios) diante da OMC e de uma cláusula de paz (por parte dos países da América Latina)", acrescentou o secretário de Estado espanhol.

Além disso, a Espanha é partidária de manter "uma proteção aduaneira alta à banana, durante o maior tempo possível", disse.

Puxeu também disse que é preciso "tentar tirar a banana do centro do debate", dentro das negociações que realizam pela segunda semana, em Genebra, cerca de 30 países da OMC, a fim de desbloquear a Rodada de Doha, iniciada há sete anos para aprofundar na liberalização do comércio mundial. EFE ms/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG