O chefe de governo espanhol, José Luis Rodriguez Zapatero, anunciou nesta terça-feira, no encerramento de uma reunião da ONU sobre segurança alimentar, em Madri, que a Espanha vai liberar um bilhão de euros em cinco anos para ajudar os países mais vulneráveis ao problema.

"A Espanha vai liberar 200 milhões de euros por anos nos próximos cinco anos para as políticas públicas em favor da agricultura e a segurança alimentar", declarou Zapatero, ao final desta reunião internacional de "alto nível" sobre a "segurança alimentar para todos".

"Um total de um bilhão será afetado nos países mais vulneráveis para a segurança alimentar global", destacou o dirigente espanhol.

Zapatero acrescentou que 15 países, não especificados, já se comprometeram em liberar um total de 5,5 bilhões de dólares, enquanto a União Européia prevê mobilizar 1,3 bilhão de dólares para combater a fome e desenvolver a agricultura e a segurança alimentar mundial.

ot/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.