O chefe do governo espanhol, José Luis Rodriguez Zapatero, prometeu neste sábado investir 33 bilhões de euros em projetos de infra-estrutura em 2009, um esforço histórico em matéria de despesas públicas que tem como objetivo relançar a economia do país, duramente afetada pela crise financeira mundial.

Zapatero garantiu, durante uma reunião dos prefeitos socialistas, que 2009 "será um ano histórico em termos de obras públicas".

Do total de 33 bilhões de euros, 19 bilhões serão investidos em infra-estruturas de transporte, cinco bilhões em projetos ligados ao meio ambiente e oito bilhões serão distribuídos entre os municípios, destacou o primeiro-ministro espanhol.

O governo da Espanha já anunciara no fim de novembro um plano de investimento de 11 bilhões de euros em 2009 para obras de infra-estrutura. Esta quantia está incluída nos 33 bilhões mencionados neste sábado por Zapatero.

Depois de ter se firmado como uma das mais dinâmicas da Europa, com um crescimento de 3,7% em 2007, a economia espanhola está à beira da recessão, com um recuo de 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) entre o segundo e o terceiro trimestre deste ano e uma taxa de desemprego que atingiu 11,33% no terceiro trimestre.

ot/yw/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.