Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Espanha cria fundo de 30 bi de euros para conter crise

O governo da Espanha vai criar um fundo de 30 bilhões de euros (US$ 41 bilhões) para dar suporte aos empréstimos bancários e com o objetivo de conter a crise de crédito no país, disse hoje o primeiro-ministro espanhol, José Luiz Rodríguez Zapatero. O primeiro-ministro afirmou também que o nível de garantia dos depósitos bancários no país será elevado dos atuais 20 mil euros para 100 mil euros por correntista.

Agência Estado |

O governo espanhol já havia informado ontem que as garantias seriam aumentadas, mas sem especificar o valor. Na Europa, já tomaram medida semelhante a Alemanha, a Suécia, a Dinamarca e Portugal.

Coração financeiro

A atual crise chegou ao cerne do sistema financeiro internacional, disse o presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet. "A crise é original até agora na medida em que toca o coração do sistema financeiro mundial", afirmou durante conferência sobre políticas globais promovida pelo Instituto Francês de Relações Internacionais em Evian, na França. "Todo o sistema deve ser investigado com muita atenção para que se tire lições dessa crise", afirmou.

Alemanha

A primeira-ministra alemã, Angela Merkel, disse que a Alemanha não foi excluída dos efeitos da crise no mercado financeiro mundial. Segundo Merkel, mesmo instituições financeiras sólidas estão sentindo os impactos da turbulência por conta da estreita ligação entre os bancos internacionais. "A Alemanha não é uma exceção", afirmou Merkel durante um pronunciamento do governo sobre a crise. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG