O Ministério da Economia da Espanha anunciou um pacote de reformas econômicas a serem implementadas entre este ano e 2010, com o objetivo de estimular o crescimento. As 24 medidas anunciadas incluem iniciativas para as áreas de moradia, transportes, energia e telecomunicações.

Elas foram aprovadas em uma reunião da Comissão de Assuntos Econômicos e deverão ser sancionadas em uma reunião de emergência do gabinete de governo marcada para amanhã.

O governo vai injetar 20 bilhões de euros (cerca de R$ 48 bilhões) em 2009 e em 2010 no alívio de devedores de hipotecas em dificuldades e no financiamento às pequenas e médias empresas, além das linhas habituais de crédito do Instituto de Crédito Oficial. O imposto sobre riqueza será eliminado.

O governo espanhol já havia anunciado um plano de estímulo em abril, com reduções no Imposto de Renda para pessoas físicas, aumento do prazo para pagamento de hipotecas sem custo adicional para os mutuários e outras medidas. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.