Brasília, 29 - Os pecuaristas do Espírito Santo e do Distrito Federal devem vacinar seus rebanhos contra a febre aftosa a partir de sábado, informa o Ministério da Agricultura. No Espírito Santo, cerca de 2,2 milhões de bovídeos devem ser imunizados na segunda etapa da campanha.

Em março, foram imunizados 900 mil animais com até dois anos de idade. Agora, está previsto o atendimento a todo o rebanho. Até 30 de novembro, serão realizadas ações educativas sobre o objetivo da campanha. No Distrito Federal, cerca de 110 mil bovinos e bubalinos devem ser imunizados.

Os pecuaristas têm até o dia 10 de novembro para declarar a vacinação nos escritórios do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal. Caso não declare, o pecuarista será multado e o rebanho receberá vacinação compulsória (com data marcada pelo órgão estadual de defesa e despesas por conta do produtor). Além disso, a Guia de Trânsito Animal (GTA) só pode ser emitida para animais vacinados. Sem o documento, os bovídeos não podem transitar, informou o ministério.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.