Um conselheiro do candidato republicano John McCain acusou o adversário democrata Barack Obama pela derrota do plano de resgate financeiro que sofreu na votação da câmara de deputados nestsa segunda-feira.

"Barack Obama falou na liderança, só atacou John McCain e se negou até mesmo a dizer se apoiava o projeto final", afirmou o principal conselheiro político da equipe de McCain, Doug Holtz-Eakin.

Ele acrescentou que o democratas desde o início se alinharam contra os esforços de McCain de apoiar um acordo bipartidário.

"A partir do momento que John McCain suspendeu sa campanha e chegou a Washington para cuidar da crise, ele foi atacado pela liderança dos democratas. Esses ataques partidários foram um esforço para ganhar vantagem política durante a crise econômica nacional. Ao fazer isso, ele colocou os lares, as vidas e as poupanças de milhões de famílias americanas em risco".

"Esse projeto fracassou porque Barack Obama e os democratas colocaram a política à frente do país".

sg/mac/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.