Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Equador quer cooperação com Irã no setor petroleiro

Quito, 6 dez (EFE).- O vice-presidente equatoriano, Lenin Moreno, assegurou hoje que seu país quer cooperação e investimentos do Irã no desenvolvimento de seis projetos petrolíferos, relacionados com a produção de petróleo, gás e a modernização de refinarias.

EFE |

Moreno, que hoje conduziu o programa semanal de rádio e televisão que costuma ser feito pelo presidente Rafael Correa, insistiu também na importância que tem para o Equador estreitar suas relações comerciais com Teerã.

Por isso, destacou a visita oficial que Correa faz ao Irã nestes dias, apesar das fortes críticas de vários setores da oposição, que questionaram os possíveis benefícios que o Governo de Quito possa ter com isso.

Vários analistas econômicos, aliados à oposição, anteciparam que a relação comercial com o Irã não é beneficente para o Equador, porque são economias similares que não têm muitos complementos em nível comercial.

"Isso não é tão verdadeiro", apontou Moreno, após destacar que a política internacional equatoriana procura estreitar sua relação com todos os países do mundo, "que tenham a vontade de fazer essa aproximação com a América Latina".

Correa, antes de chegar na sexta-feira à noite a Teerã, fez escalas na Líbia e em Serra Leoa, onde manteve contatos breves com autoridades locais. EFE fá/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG