Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Equador negocia encerrar acordo com petrolífera italiana e francesa

Quito, 9 jan (EFE).- O Governo do Equador analisa encerrar de mútuo acordo os contratos com a companhia petrolífera italiana Agip e a francesa Perenco, que operam na Amazônia e das quais retirou a produção para atender ao corte ordenado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

EFE |

A declaração foi feita por uma fonte do Ministério de Energia e Minas equatoriano, que destacou que, com a Agip, há negociações para concluir o contrato "da melhor forma".

Segundo a fonte, os investimentos com a empresa italiana não são rentáveis.

A Perenco também foi procurada para que seja colocado fim ao contrato de mútuo acordo, acrescentou a fonte.

A empresa, que negocia um novo convênio com o Governo equatoriano, não conseguiu chegar a um acordo com a sócia minoritária Burlington sobre as mudanças exigidas pelo Equador, acrescentou a fonte.

A Agip extrai 24 mil barris diários de petróleo equatoriano e a Perenco, sete mil barris. As duas somam a metade dos 67 mil barris que o Equador deve reduzir para cumprir o estabelecido pela Opep.

EFE jc/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG