Quito, 21 nov (EFE).- O Governo equatoriano disse hoje que deplora a decisão do Brasil de convocar para consultas seu embaixador em Quito, ao assegurar que a controvérsia envolvendo um empréstimo contraído pelo Equador com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deve ser resolvida pelas vias jurídicas estabelecidas.

EFE jc/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.