Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

EPE estima em 2.483 MW potencial hidrelétrico do Araguaia

RIO - A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) estima em 2.483 megawatts de potência instalada a capacidade de geração de energia no rio Araguaia.

Valor Online |

RIO - A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) estima em 2.483 megawatts de potência instalada a capacidade de geração de energia no rio Araguaia. O resultado consta da revisão dos Estudos de Inventário Hidrelétrico da Bacia Hidrográfica do Rio Araguaia, entregue quarta-feira à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A EPE selecionou como pontos fixos no estudo as hidrelétricas de Santa Isabel, com 1.087 MW; Couto Magalhães, com 150 MW; Torixoréu, com 408 MW; Toricoejo, com 76 MW; e Água Limpa, com 320 MW. Além destes, foram identificados três outros novos pontos de aproveitamento, com capacidade somada de 442 MW. Segundo a EPE, os aproveitamentos hidrelétricos selecionados estão localizados no alto Araguaia, com exceção de Santa Isabel, e não interferem nas áreas preservadas da planície do Bananal nem na sua dinâmica fluvial, respeitando assim as recomendações do Plano Estratégico da Bacia Hidrográfica dos Rios Araguaia e Tocantins, publicado pela Agência Nacional de Águas (ANA). Os estudos no Araguaia são os primeiros concluídos pela EPE, que espera finalizar este ano os inventários de outras seis bacias - Branco, Jari, Juruena, Tibagi, Aripuanã e Sucunduri - que fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). (Rafael Rosas | Valor)
Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG