Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

ENTREVISTA-OCDE está mais otimista em 2010 por Índia e China

ATENAS (Reuters) - A recuperação da economia global neste ano será mais forte que o estimado inicialmente, ajudada por um robusto crescimento na China e na Índia, disse nesta segunda-feira Angel Gurria, secretário geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A economia global deve crescer entre 4 por cento e 4,5 por cento, enquanto as economias da OCDE entre cerca de 2 e 2,5 por cento, afirmou Gurria em entrevista à Reuters.

Reuters |

A organização previu em novembro que a economia global iria se expandir até 3,4 por cento neste ano, após uma contração estimada de 1,7 por cento em 2009. O crescimento na área da OCDE para 2010 era previsto em 1,9 por cento.

"A razão pela qual a economia global vai crescer mais rapidamente é porque China e Índia estão puxando (a economia) muito fortemente", disse.

Os governos não devem ainda retirar os estímulos econômicos, mas eles devem indicar como planejam retornar a posições fiscais sustentáveis, afirmou o secretário geral da organização.

"Você realmente tem de começar a dar sinais de como vai pousar o avião, como você planeja normalizar a situação fiscal, e esses sinais têm de ser dados agora", acrescentou Gurria.

(Reportagem de Ingrid Melander)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG