Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Energia será fornecida sem problemas no fim do ano

A última reunião do ano do Comitê de Monitoramento do Sistema Elétrico (CMSE) serviu para ratificar a avaliação que já vinha sendo feita pelos técnicos do governo de que não deverá haver problemas no fornecimento de energia elétrica na virada de ano e no início do ano que vem. O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp, disse que já está se configurando o fenômeno conhecido como zona de convergência do Atlântico Sul, que intensifica as chuvas no País.

Agência Estado |

Segundo ele, no ano passado e começo deste ano, quando chegou a haver temor no setor elétrico devido ao atraso das chuvas, este fenômeno de fortalecimento das chuvas só começou em meados de janeiro.

Chipp ressaltou que o governo conseguiu cumprir o chamado nível meta para os reservatórios das hidrelétricas. O procedimento, que neste ano funcionou ainda de modo experimental, consiste em estabelecer um nível mínimo para o estoque de água nas hidrelétricas ao fim de novembro de modo a garantir folga no suprimento de energia no ano seguinte.

Para este ano, a meta para o Sudeste era de 49% e para o Nordeste, 34%. "Hoje estamos com aproximadamente 50% no Sudeste e 37% no Nordeste", disse. Chipp calculou que o uso do sistema de nível meta, que faz com que o governo acione usinas térmicas ao longo do ano para atingir aquela meta, proporcionou um acúmulo de energia adicional de 12% no Sudeste e de 8% no Nordeste. Mesmo assim, devido a problemas em alguns transformadores, o CMSE decidiu manter ligadas, pelo menos até 12 de janeiro de 2009, quando ocorrerá a próxima reunião, as usinas a gás que já vinham funcionando.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG