Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Energia elétrica ficará de 3,29% a 7,4% mais cara no Rio

SÃO PAULO - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje a revisão das tarifas cobradas pela distribuição de energia elétrica promovida pela Light em 31 municípios do estado do Rio de Janeiro, incluindo a capital. As novas tarifas entrarão em vigor a partir de 7 de novembro.

Valor Online |

O fornecimento em baixa tensão, limitado a 2,3kV, sofrerá aumento de 3,29%. Esta faixa inclui as residências e a maior parte das 3,5 milhões de unidades consumidoras que serão afetadas pela medida. Para os consumidores de alta tensão que recebem de 88kV a 138 kV, a alta nos preços será de 4,44%; para a faixa intermediária, de 30kV a 44kV, a elevação será de 7,4%; e para o consumo de 2,3kV a 25 kV, o reajuste será de 5,43%.

A Aneel afirmou, em nota, que a revisão se justifica pelo aumento das despesas da distribuidora na compra de energia de Itaipu, que é negociada em dólar. A reguladora atribui a revisão também à cobrança do Encargo de Serviços do Sistema (ESS).

Segundo a Aneel, 36 distribuidoras já passam pelo segundo ciclo de revisão tarifária neste ano. A previsão para 2009 é que outras 17 concessionárias façam o mesmo, e mais duas concessionárias revejam suas tarifas em 2010. A revisão tarifária acontece, em média, a cada quatro anos.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG