O nível de endividamento do paulistano caiu 22,4% na comparação entre julho e agosto, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor da Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomércio). No levantamento de julho, 59% dos entrevistados se disseram endividados.

Já em agosto, o índice ficou em 45%, o menor porcentual da série histórica da pesquisa, iniciada em fevereiro de 2004. O motivo da baixa, teria sido a melhoria dos indicadores de emprego e renda, aliada à oferta de crédito.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.