O número de endereços de internet disponíveis no mundo todo vai se esgotar em breve por conta da explosão no número de aparelhos conectados à Web, a menos que as organizações adotem uma nova versão do Internet Protocol. A afirmação é de Rod Beckstrom, presidente da Icann, organização que aloca os endereços IP.

O número de endereços de internet disponíveis no mundo todo vai se esgotar em breve por conta da explosão no número de aparelhos conectados à Web, a menos que as organizações adotem uma nova versão do Internet Protocol. A afirmação é de Rod Beckstrom, presidente da Icann, organização que aloca os endereços IP. Segundo ele, entre 8% a 9% dos endereços ipv4, apenas, ainda estão disponíveis. Por isso, as companhias precisam adotar o novo padrão ipv6 o mais rapidamente possível. "A mudança realmente precisa ser realizada. Estamos chegando ao final de um recurso escasso", definiu. O ipv4, usado desde que a internet se tornou pública, nos anos 80, foi criado com espaço para apenas alguns bilhões de endereços, enquanto a capacidade do ipv6 é da ordem dos trilhões. Atualmente vários aparelhos, como câmeras, players de música e consoles de videogames, se somam aos computadores e celulares na conexão à Web - e cada um deles precisa de um endereço IP próprio. No começo deste ano, o presidente executivo da fabricante de equipamentos para telecomunicações Ericsson, Hans Vestberg, previu que, até 2020, haverá 50 bilhões de aparelhos conectados à internet no mundo todo. <i>As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.</i>

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.