WASHINGTON (Reuters) - As encomendas de bens duráveis nos Estados Unidos caíram 1 por cento em novembro, informou o Departamento de Comércio nesta quarta-feira. A queda foi menos severa que o antecipado, mas seguiu-se a um acentuado mergulho nos pedidos de outubro. O departamento informou que as encomendas de outubro afundaram 8,4 por cento, em vez de 6,9 por cento como havia sido anteriormente divulgado. A queda foi a maior retração mensal desde a baixa de 14 por cento registrada em julho de 2000.

Economistas consultados pela Reuters previam declínio de 3,0 por cento nas encomendas em novembro.

A maior parte da queda nos pedidos de novembro foi concentrada em equipamentos de transporte, onde as encomendas caíram 7,4 por cento, depois do recuo de 12,7 por cento em outubro.

Excluindo transportes, as encomendas em novembro subiram 1,2 por cento depois de terem caído 6,8 por cento no mês anterior. Em novembro houve alta nos pedidos de computadores, maquinário e produtos fabricados de metal.

(Por Glen Somerville)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.