Tamanho do texto

As encomendas à indústria na zona do euro (grupo dos 16 países que adotam o euro como moeda) subiram pelo sexto mês consecutivo em setembro, na comparação com agosto, segundo dados divulgados nesta terça-feira pela agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat. A alta foi de 1,5%. Em relação a setembro do ano passado, as encomendas caíram 16,5%, a menor baixa desde outubro de 2008.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237574028737&_c_=MiGComponente_C

Economistas esperavam aumento de 0,8% das encomendas em setembro em relação a agosto e queda de 17,6% em comparação a setembro do ano passado. As encomendas à indústria, excluindo equipamentos pesados de transporte, cederam 1,2% em relação a agosto e caíram 18,2% ante setembro do ano passado. As encomendas de equipamentos pesados de transporte, como navios, trens e equipamentos aeroespaciais, tendem a ser voláteis, com um limitado impacto na produção. As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre: zona do euro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.