Encomendas à indústria da zona do euro caem mais que o esperado

BRUXELAS (Reuters) - As encomendas industriais à zona do euro caíram quase o dobro do esperado em julho sobre o mês anterior, pressionadas, principalmente, pela redução da demanda por bens de capital e bens de consumo duráveis.

A agência de estatísticas Eurostat informou nesta quarta-feira que as encomendas nos 16 países que usam o euro caíram 2,4 por cento sobre junho, com alta anual 11,2 por cento.

Economistas ouvidos pela Reuters esperavam um declínio de 1,1 por cento na comparação mensal, e um ganho de 16,3 por cento na anual.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.