SÃO PAULO - A filial brasileira da Volvo Construction Equipment - braço do grupo sueco em bens de capital - fechou 2010 com faturamento de US$ 631 milhões, 69,2% acima dos US$ 373 milhões de 2009

SÃO PAULO - A filial brasileira da Volvo Construction Equipment - braço do grupo sueco em bens de capital - fechou 2010 com faturamento de US$ 631 milhões, 69,2% acima dos US$ 373 milhões de 2009. O montante é o maior da história da operação, batendo a marca de 2008, quando realizou vendas de US$ 520 milhões. A companhia vendeu um total de 4,22 mil equipamentos de construção no ano passado, sendo 76% do total no Brasil e o restante em outros mercados da América Latina. As vendas no Brasil cresceram 55%, enquanto as exportações para os demais países latino-americanos avançaram 53%, com destaque para entregas de 306 unidades no Chile. O resultado é atribuído a fatores como a expansão da linha de produtos e o aquecimento do setor de construção, que foi responsável por 45% das vendas domésticas em 2010. Na esteira de um investimento de US$ 10 milhões na fábrica de Pederneiras, no interior de São Paulo, a subsidiária começou a produzir no Brasil três modelos de escavadeiras que eram antes trazidas da Coreia do Sul. (Eduardo Laguna | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.