Tamanho do texto

A Vale e a ArcelorMittal anunciaram ontem um contrato para o transporte de produtos siderúrgicos e calcário pela Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) e pela Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), por um período de dois anos

selo

A Vale e a ArcelorMittal anunciaram ontem um contrato para o transporte de produtos siderúrgicos e calcário pela Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) e pela Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), por um período de dois anos. O acordo quase dobra o volume transportado hoje, numa parceria entre as empresas. Segundo o diretor de Comercialização da Logística da Vale e presidente da FCA, Marcello Spinelli, o contrato é apenas o primeiro de uma série que está por vir, não apenas com a ArcelorMittal, mas também com companhias como Usiminas e Gerdau. ¿Estamos animados com o crescimento do País. Nos últimos dois meses, anunciamos contratos com a Usiminas, a Gerdau e, agora, com a ArcelorMittal. Queremos e vamos acompanhar o crescimento deles¿, disse. O acordo representa um aumento da ordem de 1,75 milhão de toneladas ao contrato já existente entre a Vale e a ArcelorMittal, sendo 1,2 milhão de toneladas de aço e 550 mil toneladas de calcário. Com isso, passarão pela infraestrutura da Vale 3,7 milhões de toneladas da gigante siderúrgica. O valor do negócio não foi divulgado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.