Estimativas preliminares indicam volume potencial e recuperável de gás avaliado em 48 bilhões de metros cúbicos (1,7 TCF)

A Petrobras informou nesta sexta-feira que a sua subsidiária no Peru, Petrobras Energia Peru, fez uma descoberta de gás natural naquele país, no lote 58, localizado no departamento de Cuzco.

Estimativas preliminares indicam um volume potencial e recuperável de gás avaliado em 1,7 TCF (48 bilhões de metros cúbicos) nos dois poços exploratórios na área.

O bloco é o mesmo que o presidente do Peru, Alan Garcia, afirmou conter 5 TCF (trilhões de pés cúbicos) em novembro do ano passado, volume não confirmado na época pela estatal brasileira.

A descoberta fica bem abaixo da realizada pela OGX no Brasil em agosto, de potencial de 15 trilhões de pés cúbicos na bacia do Parnaíba, no Maranhão, batizada pelo empresário Eike Batista, controlador da OGX, como "meia Bolívia".

O volume citado por Alan Garcia no entanto referia-se à totalidade do potencial da região onde está o bloco 58, onde podem ser perfurados mais poços do que os dois já divulgados nesta sexta pela Petrobras.

Segundo especialistas e empresas do setor, o Peru abriga uma reserva de gás natural de 8,79 a 14,1 TCF.

A Petrobras está no Peru desde 1996 e em 2009 a produção média foi de 12 mil barris diários de petróleo e 330 mil metros cúbicos de gás natural, ou 15 mil barris de óleo equivalente. A companhia tem 100% do lote 58.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.