A gigante japonesa da eletrônica Panasonic anunciou nesta quarta-feira a prorrogação por dois dias da oferta pública de compra (OPA) amistosa sobre a também nipônica Sanyo.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237574072206&_c_=MiGComponente_C

Aberta em 5 de novembro, a OPA será válida até 9 de dezembro e não mais até o dia 7, como estava previsto.

A Panasonic propõe um preço de 131 ienes (0,97 euro) por cada ação ordinária e de 1.310 ienes (9,7 euros) pelos títulos preferenciais, que equivalem a 10 ordinários.

Se a OPA tiver êxito, a Panasonic pagará no mínimo de 402,3 bilhões de ienes (quase três bilhões de euros) e no máximo o dobro deste valor.

Leia mais sobre: empresas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.