Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Nova York persegue modelo para táxi do futuro

Ford, Nissan e General Motors decidiram participar do projeto e apresentaram ideias; cidade quer adotar novos veículos em 2014

EFE |

As montadoras Ford, Nissan e General Motors apresentaram às autoridades da cidade de Nova York suas ideias para a criação de táxis do futuro. A Comissão de Táxis e Limusines (TLC, na sigla em inglês) está em fase de análise de propostas para tornar realidade a nova frota dos célebres táxis amarelos. A cidade pretende adotar as novidades a partir de 2014.

Entre as apostas, caracterizadas por desenhos futuristas, destacam-se os automóveis híbridos, totalmente elétricos, aptos a abastecimento com energia solar ou ainda os alimentados com gás natural - embora, no início, as autoridades tenham apostado em veículos que funcionariam apenas com baterias.

Até agora, os modelos propostos têm em comum desenhos modernos e a facilidade de acesso a pessoas com problemas de mobilidade. Além disso, os novos táxis deverão apresentar um desenho "icônico", que lembre aos usuários que estão em Nova York. Os modelos não podem ser revelados até que se selecionem os finalistas.

"Queremos que quem olhar para os táxis possa dizer de uma só vez que se trata de um táxi de Nova York", disseram as fontes ouvidas pelo jornal "New York Post", que pretendem que os veículos pareçam "menores de fora, mas amplos no interior".

Teto transparente

O jornal informa que, entre os modelos propostos, há os que apostam em teto de vidro totalmente transparente (o que permitirá aos usuários vislumbrar a paisagem vertical da cidade), portas traseiras que se abrem para cima, cômodas rampas, que permitam o acesso de cadeiras de rodas, e assentos giratórios. Em alguns modelos, os motores estão na parte traseira, deixando livre a parte lateral para os anúncios publicitários.

Os assentos têm sido fabricados com materiais confortáveis e fáceis de limpar, que não se assemelhem como plástico, segundo detalhou o jornal. É possível que os táxis tenham sinais luminosos para alertar ciclistas sobre a abertura de portas. Alguns modelos emitem mensagens sonoras aos pedestres para avisar que um táxi se aproxima.

As autoridades ainda precisam decidir que modelos serão os escolhidos, mas um novo concurso pode ser realizado se os modelos apresentados não agradarem. Segundo o "New York Post", contudo, o ano de 2014 será mantido para a adoção dos novos modelos.

Os táxis amarelos são um dos sistemas de transporte mais populares de Nova York. A frota com 13.237 carros. O município de São Paulo tem 32,7 mil táxis, segundo dados da Associação das Empresas de Táxi de Frota do Município de São Paulo (Adetax).

(Colaborou iG Economia)

Leia tudo sobre: inovaçãotransportetáxinova york

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG