Tamanho do texto

Cerca de 43% das micro e pequenas empresas (MPEs) paulistas venderam produtos ou serviços para grandes companhias entre janeiro e setembro deste ano. Esses negócios responderam por 21% do seu faturamento. Os dados são de pesquisa do Sebrae-SP, realizada com 300 empresários entre setembro e outubro deste ano.

O principal cliente das companhias de pequeno e médio porte ainda são os consumidores finais, atendidos por 75% delas. Em seguida, estão as próprias MPEs.

Apesar de negociarem com as grandes companhias, 72% das pequenas empresas não têm uma estratégia diferenciada para atender esses clientes. Os micro e pequenos empresários apontaram a falta de escala como o principal entrave para o comércio com as grandes companhias.

Uma alternativa para contornar essa dificuldade seria o uso de algum mecanismo associativo entre as pequenas, afirma Pedro João Gonçalves, consultor do Sebrae-SP e coordenador da pesquisa.

Se para as pequenas empresas vender para as grandes ainda tem entraves, comprar é mais fácil. A sondagem do Sebrae aponta que 73% das MPEs usam como fornecedores grandes companhias em 2009. Cerca de 76% das micro e pequenas afirmaram, no entanto, sentir dificuldade de negociar condições de pagamento para essas compras.

Leia mais sobre micro e pequenas empresas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.