A Cimentos de Portugal SA (Cimpor) anunciou hoje que seu lucro líquido caiu 5% no segundo trimestre, em comparação com o mesmo período do ano passado, por conta dos impostos corporativos mais altos

selo

A Cimentos de Portugal SA (Cimpor) anunciou hoje que seu lucro líquido caiu 5% no segundo trimestre, em comparação com o mesmo período do ano passado, por conta dos impostos corporativos mais altos. O lucro líquido do período foi de 53,1 milhões de euros, ante os 55,9 milhões de euros registrados há um ano. O imposto corporativo no segundo trimestre saltou para 36,9 milhões de euros, ante 18,6 milhões de euros de um ano atrás. Com o resultado, o lucro líquido da Cimpor caiu 8% no primeiro semestre, para 98,7 milhões de euros. A receita da Cimpor no segundo trimestre subiu 12%, para 608,4 milhões de euros, e o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) avançou 8%, para 175,2 milhões de euros. O desempenho da companhia no Brasil foi destaque, já que a valorização do real em relação ao euro aumentou a contribuição ao Ebitda em relação ao ano passado. As operações no Marrocos, na Tunísia e na Turquia também mostraram melhoras. Segundo o comunicado da empresa, o Ebitda no Brasil no segundo trimestre foi de 51,9 milhões de euros, o dobro dos 26,1 milhões de euros do segundo trimestre de 2009. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.