SÃO PAULO - A empresa farmacêutica Genzyme reportou hoje um lucro líquido de US$ 69 milhões, ou US$ 0,26 por ação, no terceiro trimestre

SÃO PAULO - A empresa farmacêutica Genzyme reportou hoje um lucro líquido de US$ 69 milhões, ou US$ 0,26 por ação, no terceiro trimestre. O resultado é mais de quatro vezes superior ao ganho de US$ 16 milhões (US$ 0,06 por ação) verificado entre julho e setembro de 2009. A receita da empresa especializada em doenças genéticas raras cresceu de US$ 923,8 milhões no terceiro trimestre de 2009 para US$ 1 bilhão no trimestre fiscal encerrado em 30 de setembro deste ano. A empresa creditou o resultado especialmente às vendas das enzimas Cerezyme - enzima produzida em laboratório para tratar a doença de Gaucher - e Lumizyme, bem como a medidas de redução de custos. "No terceiro trimestre vimos nossa recuperação financeira começar a fazer efeito, e esperamos que isso acelere durante o quarto trimestre conforme os pacientes de Cerezyme possam retomar os níveis de dosagem normais e comecemos a elevar as vendas do Fabrazyme", disse o presidente e diretor-executivo da Genzyme, Henri A. Termeer. Em setembro, a companhia anunciou ter feito um acordo para a venda dos ativos de sua unidade Genzyme Genetics por US$ 925 milhões, em dinheiro, à Laboratory Corporation of America Holdings. A companhia informou que ainda planeja se desfazer as divisões de Diagóstico e Farmacêuticos. No início de outubro, a Genzyme voltou a recusar uma oferta de aquisição da francesa Sanofi-Aventis de US$ 18,5 bilhões, ou US$ 0,69 por ação e foi processada por investidores alegando que a empresa agiu de forma injusta por privar os acionistas da chance de lucrar com a oferta. Para o quarto trimestre, a Genzyme espera que os ganhos ajustados por ação fiquem entre US$ 0,90 e US$ 0,95. (Daniela Braun | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.