JBS expande receita, mas lucro despenca no 2o trimestre

SÃO PAULO (Reuters) - A JBS, maior produtora de carne bovina do mundo, informou neste sábado que teve lucro de 3,7 milhões de reais no segundo trimestre de 2010.

O resultado ficou abaixo da estimativa média de analistas ouvidos pela Reuters, que previram lucro de 180 milhões de reais para o período.

"A demanda por capital de giro, bem como o impacto da volatilidade cambial durante o trimestre, foram as principais causas desse recuo do nosso lucro", disse a empresa.

No mesmo período do ano passado, quando a JBS ainda não contava com as operações de Bertin e Pilgrim's Pride, adquiridas somente no final de 2009, a empresa teve lucro de 125,9 milhões de reais, informou a companhia, em relatório.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no período ficou em 1 bilhão reais, uma alta de 163,3 por cento em relação ao obtido em igual trimestre de 20090. A margem Ebitda subiu de 4,1 para 7,1 por cento.

Na comparação anual, a receita operacional líquida da JBS cresceu 52,5 por cento, para 14,1 bilhões de reais.

Segundo a empresa, o aumento refletiu o aumento geral nos preços de venda, condições de mercado favoráveis e crescimento na base de clientes.

"Esperamos que os volumes e os preços continuem fortes no segundo semestre, especialmente a partir dos EUA, à medida que o comércio internacional tende a se normalizar", disse o presidente-executivo da JBS, Joesley Mendonça Batista, em relatório.

No documento, a companhia informou também que não incorporou os números da Inalca nesse trimestre, devido a discordâncias com o sócio no negócio, a Cremonini.

(Reportagem de Aluísio Alves)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.