Tamanho do texto

Dados demonstram que a indústria de materiais retomou o nível de crescimento pré-crise, diz presidente Abramat

As vendas internas de materiais de construção apresentaram crescimento de 21,29% em maio em relação ao mesmo período do ano passado, informou hoje a Associação Brasileira de Materiais de Construção (Abramat). Ante abril, houve alta de 5,88%.

Nos primeiros cinco meses de 2010, as vendas acumulam crescimento de 20,45%, superando a expectativa da entidade. Na avaliação do presidente da Abramat, Melvyn Fox, os dados demonstram que a indústria de materiais retomou o nível de crescimento pré-crise.

Maio é o sétimo mês consecutivo de resultados positivos, após 12 meses seguidos de quedas nas vendas. O nível de emprego na indústria de materiais de construção também apresentou crescimento em maio, de 10%. Na comparação com o mês passado, o indicador mostrou queda de 0,27%, praticamente estável. O desempenho das vendas internas dos materiais básicos, com elevação de 23,7%, superou o das empresas de materiais de acabamento, que mostraram incremento de 16,76%.

A expectativa da Abramat é de que a indústria de materiais de construção encerre o ano com crescimento de 15%, desempenho sustentado pela desoneração do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) e elevação da oferta de crédito imobiliário. A entidade ressalta, no entanto, a necessidade de ampliação da mão-de-obra qualificada. "Pelo lado da oferta de produtos, a indústria está atuando de modo a suprir a necessidade, e há fortes intenções de investimentos na capacidade produtiva, já para os próximos meses", diz Fox.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.