Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Vale e CSN negociam entrada em Belo Monte

A mineradora Vale e a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) também retomaram as negociações para participar como autoprodutores do projeto de construção da usina Hidrelétrica de Belo Monte

AE |

selo

A mineradora Vale e a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) também retomaram as negociações para participar como autoprodutores do projeto de construção da usina Hidrelétrica de Belo Monte. Os autoprodutores são grandes empresas que investem em energia elétrica para consumo próprio. Juntos, eles deverão ter uma fatia de 10% da usina.

A entrada de novos e grandes autoprodutores ameniza a sensação de fracasso que circulou no mercado depois que foi anunciado, no dia 14 de julho, que a Sociedade de Propósito Específico (SPE) da usina teria apenas duas empresas desse tipo: a Gaia (ligada ao grupo Bertin), que já estava no consórcio que disputou o leilão, e a Sinobrás, uma siderúrgica do Pará. Alguns especialistas analisavam que a não adesão de empresas de maior porte na condição de autoprodutores sinalizava desconfiança em relação ao projeto.

Do ponto de vista da Gaia e da Sinobrás, ainda que não tivessem produção suficiente para consumir os 10% da energia da usina a que têm direito, acabaram garantindo uma fatia importante da produção para futuramente negociar participação com empresas que pudessem usar a energia, como, aliás, deve ocorrer. Várias empresas negociaram participação na usina, mas não chegaram a um acordo, como Gerdau e Votorantim.

Licença prévia

Segundo fontes, o Ministério das Minas e Energia e as empresas dão como certa a liberação na última semana de setembro da licença prévia para o canteiro central das obras. A licença, segundo fonte do ministério, está ¿sendo minuciosamente analisada e negociada com os órgãos ambientais para que não haja atraso no cronograma antecipado da obra¿.

O governo não esconde que a intenção é inaugurar de maneira festiva o canteiro antes de 3 de outubro, data das eleições gerais - que têm na disputa para o Planalto a candidata do PT, Dilma Rousseff, ex-ministra das Minas e Energia, e o ex-governador de São Paulo, José Serra.

O cronograma vem sendo antecipado desde o início de junho. A homologação foi feita em meados de junho, uma antecipação de duas semanas em relação ao cronograma inicial. A outorga do contrato de concessão, prevista para 23 de setembro, agora está agendada para 26 de agosto.

Leia tudo sobre: ESPECIAISAE

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG