Tamanho do texto

Estatal foi escolhida pelo Ministério das Comunicações para comandar projeto de popularização da internet

A Telebrás foi escolhida pelo Ministério das Comunicações para integrar o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), segundo comunicado da empresa divulgado nesta terça-feira. Entre as atribuições da empresa, está a prestação de serviços para conexão de internet a usuários finais em locais onde não há oferta de banda larga e o desenvolvimento de infraestrutura para os serviços de telecomunicações prestados por empresas privadas.

O Ministério das Comunicações também concedeu à empresa o desenvolvimento de políticas públicas de oferta de banda larga em universidades, escolas e hospitais e a implantação da rede de comunicação dos órgãos públicos federais, segundo comunicado.

O PNBL é um projeto do governo de popularização da banda larga, com a ampliação da rede de internet e redução de custos das conexões.  A meta do governo é atingir 90 milhões de conexões de internet rápida até 2015. Para isso, a estimativa do governo é de um investimento total de R$ 15 bilhões no projeto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.