Campo, que faz parte da área do pré-sal da Bacia de Santos, será repassado pela União para a Petrobras

selo

O diretor geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Haroldo Lima, disse hoje que o poço de Franco, no pré-sal da Bacia de Santos, tem reservas potenciais de seis bilhões de barris de petróleo.

Franco é uma das seis áreas que serão repassadas pela União à Petrobras por meio de cessão onerosa. Segundo o diretor, no entanto, apenas três bilhões de barris de Franco foram destinados à cessão. O restante será colocado em leilão após a Petrobras explorar o que tem direito na área. "Como pelo novo modelo de partilha, a Petrobras é a operadora única de todos os blocos do pré-sal, faremos uma licitação para conhecer quem será sua parceira para a exploração futura destas reservas restantes", disse.

Ainda segundo ele, o segundo poço de Libra está em fase final de perfuração e suas reservas potenciais, estimadas na casa dos oito bilhões de barris, devem ser conhecidas em cerca de 15 dias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.