Tamanho do texto

O acordo foi fechado com o consórcio formado por Techint Engenharia e Construção e Andrade Gutierrez

SÃO PAULO - A Petrobras e o Consórcio formado pelas empresas Techint Engenharia e Construção e Andrade Gutierrez assinaram hoje um contrato que prevê a construção e a montagem da Unidade de Coqueamento Retardado (UCR) do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

A estatal informou que este é o terceiro contrato assinado para a montagem de unidades da primeira fase do Complexo, cuja partida está prevista para setembro de 2013. No dia 8 de março deste ano, foram assinados dois contratos para a construção das unidades de destilação atmosférica a vácuo e hidrocraqueamento catalítico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.