Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

OHL quer financiar novas concessões no Brasil

Grupo negocia créditos de longo prazo com o BNDES para a construção de cinco estradas federais no País

EFE |

O grupo OHL espera fechar neste ano o financiamento de cinco concessões no Brasil e no México, mediante a obtenção de financiamentos de até 2,594 bilhões de euros (US$ 3,5 bilhões), segundo a apresentação remetida pela companhia à comissão nacional da bolsa de valores da Espanha.

Divulgação
Empresa pretende investir até US$ 2 bilhões nas cinco rodovias

Neste segundo semestre de 2010, a empresa espera fechar o financiamento entre 1,133 bilhão e 1,552 bilhão de euros (entre US$ 1,529 bilhão e US$ 2,094 bilhões) para a construção de cinco estradas federais no Brasil. Para isso, está negociando créditos de longo prazo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social do Brasil (BNDES) que cobrirá entre 50% e 70% dos investimentos previstos.

Além disso, está próximo o financiamento das concessionárias Rodovias, Centrovias, Intervias e ViaNorte, no estado de São Paulo, com um crédito de 576 milhões de euros (US$ 778 milhões), que destinará ao cancelamento de dívida a curto prazo e à obtenção de recursos para novos investimentos. Por essa razão, ultima a emissão de bônus no mercado local por cada concessionária tiveram prazos entre 5 e 7 anos.

O grupo também está negociando o financiamento de longo prazo da estrada Amozoc-Perote, de 123 quilômetros, mediante a obtenção de um crédito de entre 75 milhões e 91 milhões de euros (US$ 101 e US$ 122 milhões).

Leia tudo sobre: iGestradas federaisfinanciamentoOHL

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG