Tamanho do texto

BRASÍLIA - O presidente da Norte Energia S.A.

, Carlos Nascimento, afirmou hoje que mantém negociação com dois consórcios de empresas para fornecimento das turbinas da hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu (PA). Segundo ele, assim como ocorre no acerto com as empreiteiras, o acordo com os fornecedores de equipamentos está na fase final e prestes a ser formalizado. De acordo com Nascimento, todas as companhias envolvidas nas negociações com o grupo responsável por construir e operar a usina mantém fábricas instaladas no Brasil. "Mesmo que o controle não seja nacional, estas empresas estão, em média, há 20 anos no país, com a exceção de uma que está aqui entre sete e oito anos", disse o executivo ao sair da cerimônia de assinatura do contrato de concessão da usina, no Palácio do Planalto. Segundo Nascimento, tanto a acordo com os fornecedores de turbinas quanto com as empreiteiras responsáveis pelas obras civis sairá nas próximas semanas. No mês passado, o diretor da Chesf, José Ailton de Lima, havia anunciado à imprensa que eram mantidas conversações com os europeus (Alstom, Voith Siemens e Andritz), com a argentina Impsa, e mais dois grupos, um do Japão e outro da Rússia. (Rafael Bitencourt | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.