Segundo o órgão, o segundo maior terminal portuário do País deixou de cumprir compromissos firmados para renovar licenciamento

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) anunciou hoje a interdição do Porto de Paranaguá, no Paraná, o segundo maior do País. A determinação partiu do presidente do órgão, Abelardo Bayma Azevedo. De acordo com o Ibama, o porto, que está em processo de licenciamento, deixou de cumprir compromissos firmados com o órgão. Os fiscais do Ibama estão nesta tarde cumprindo a determinação, que implicará a suspensão das atividades no Porto de Paranaguá.

A interdição ocorre um dia depois de fiscais do Ibama terem interditado e multado em R$ 10 milhões o Porto de Santos, no litoral paulista. Só que, no caso de Santos, a direção nacional do Ibama afirmou ter sido um medida isolada de um grupo de fiscais lotados em São Paulo, tanto que anulou a interdição e a multa e abriu procedimento para apurar a responsabilidade dos servidores envolvidos no episódio.

Porto de Paranaguá
Divulgação
Porto de Paranaguá

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.