Com a aquisição, a CCR passará a administrar mais de 2,4 mil quilômetros de rodovias em São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná

selo

O Grupo CCR, que administra as rodovias Anhanguera, Bandeirantes e Presidente Dutra, na Região Sudeste, anunciou ontem a compra da Rodovias Integradas do Oeste S/A (SPVias), por R$ 947,2 milhões.

O negócio inclui a aquisição de 73,45% do capital social da empresa, que detém a concessão de 515 quilômetros de estradas no interior de São Paulo.

Com a aquisição, a CCR passará a administrar mais de 2.400 quilômetros de rodovias, todas interligadas, nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. A malha só perde para a da espanhola OHL, que detém a concessão de 3.225 quilômetros de rodovias federais.

Na lista de estradas da SPVias que passarão para as mãos da CCR está a Castelo Branco (SP-280) e a Raposo Tavares (SP-270).

"Esse negócio representa a concretização de mais uma etapa do planejamento estratégico do Grupo CCR após o recente lançamento de ações, feito em outubro do ano passado, onde se previu que os recursos captados seriam, principalmente, destinados a aquisições de novos negócios", afirmou o presidente do Grupo, Renato Vale, em comunicado ao mercado.

Entre os sócios da CCR estão Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e Soares Penido. Segundo fontes, as negociações entre as duas empresas começaram entre janeiro e fevereiro deste ano e se estenderam até esta semana.

O valor da aquisição ainda poderá sofrer alguns ajustes, conforme previsto no contrato de compra e venda, assinado ontem entre as partes.

A conclusão do negócio dependerá de autorização da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp).

Além disso, a aquisição está sujeita a outras condições, como a liberação das garantias prestadas pelos "vendedores e/ou seus afiliados a credores" da SPVias e a conclusão favorável da aquisição da parcela restante do capital social da concessionária. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.