Desistência do extinto Banco Santos levar adiante processo judicial contra distribuidora garante resultado positivo

A Eletropaulo informou nesta quinta-feira que terá um efeito positivo líquido de R$ 71 milhões no lucro do segundo trimestre, como resultado da desistência do extinto Banco Santos em levar adiante um processo judicial referente a contratos de swap cambial firmados com a distribuidora entre os meses de dezembro de 2003 e julho de 2004.

A companhia elétrica tinha aproximadamente R$ 245 milhões a pagar ao banco pelo vencimento desses contratos, mas fechou um acordo com a massa falida da instituição financeira para quitar esse passivo por R$ 151 milhões. No entanto, em razão de um recurso especial contra esse acordo, a Eletropaulo não reverteu o saldo remanescente de R$ 94 milhões no resultado financeiro, o que só ocorreu agora com o fim do litígio. O valor revertido ainda teve uma correção, alcançando R$ 108 milhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.