Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Demanda por voos domésticos cresce 32% em março

Dados da Anac mostram alta de 18,47% na oferta de assentos, enquanto taxa de ocupação das aeronaves subiu 6,7 pontos, para 65,46%

Valor Online |

A demanda por voos domésticos registrou em março alta de 31,95% em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). É o nono mês consecutivo de expansão acima de 20%. Foi também o melhor desempenho para o mês de março pelo menos desde 2001, conforme um banco de dados do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea).

A oferta de assentos teve aumento de 18,47% ante março de 2008 e a taxa de ocupação dos aviões se situou em 65,46%, um crescimento de quase 6,7 pontos percentuais na comparação com o mesmo período do ano passado. Nos voos internacionais operados por empresas brasileiras, o crescimento da demanda foi de 10,79% em março, em relação ao mesmo mês de 2009. A oferta de assentos, por sua vez, recuou 1,09%. A taxa de ocupação dos aviões foi de 69,45%, um crescimento de 7,44 pontos percentuais na comparação com o desempenho de março de 2009.

A Anac também aponta um acirramento na concorrência no setor, com TAM e Gol/Varig praticamente dividindo a liderança do mercado doméstico em março. A Gol/Varig atingiu uma participação de 41,44% nesse segmento no mês passado, diminuindo a diferença com a TAM, que teve 41,75% de market share. A Webjet apareceu em terceiro lugar, com fatia de 6,02%, seguida pela Azul, com 5,36%. A OceanAir teve 2,4% e a Trip vem logo atrás com 2,1%.

No entanto, nas rotas internacionais, a TAM mantém a hegemonia, com 85,25% do mercado em março, ante 14,59% da Gol/Varig. De janeiro a março, a demanda por voos nacionais acumula crescimento de 35,04%, com expansão de 20,27% na oferta de assentos em relação ao primeiro trimestre de 2009. Nos voos internacionais, a alta acumulada é de 12,78%, com aumento de 0,31% na oferta de assentos.

Leia tudo sobre: TAMGolAzulWebjetOceanAirAnacSnea

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG