Tamanho do texto

Consumo industrial foi o que mais cresceu (10,2%) no período; segmento representa 33% do volume distribuído pela empresa

SÃO PAULO - O braço de distribuição da companhia paranaense Copel registrou crescimento de 6,8% na energia vendida durante o primeiro semestre, em relação a igual período do ano passado. No total, foram vendidos 10.942 gigawatts-hora (GWh), ante 10.242 GWh dos seis primeiros meses de 2009.

Só no mercado cativo, houve alta de 7,1% na energia distribuída, para 10.661 GWh. Na classe residencial, que representa 27,8% do mercado cativo, o volume de energia vendida subiu 5,8%. A empresa atribui o resultado à manutenção do mercado de trabalho formal, ao aumento da massa salarial e à disponibilidade de crédito.

Em junho, a Copel alcançou 2,893 milhões de consumidores residenciais, o que corresponde a um aumento de 2,7% sobre o mesmo mês de 2009. Já na distribuição à indústria, a empresa marcou crescimento de 10,2% na primeira metade do ano, com a venda de 3.497 GWh.

O resultado veio na esteira da recuperação da atividade da indústria, afirma a companhia. A indústria representa 32,8% do mercado cativo da Copel e soma 67,777 mil consumidores, uma alta de 4,3% em um ano. Por sua vez, o consumo da classe comercial subiu 6,9% nos seis primeiros meses do ano, respondendo por 21,2% do total. Essa classe consumiu 2.255 GWh na primeira metade do ano, somando 301 mil consumidores em junho (alta de 1,5% sobre a base de um ano antes).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.