O Conselho de Administração da Vale aprovou ontem a eleição do geólogo Eduardo Jorge Ledsham e do engenheiro Mário Alves Barbosa Neto como diretores executivos da Vale. Eles ocuparão duas novas diretorias: Ledsham responderá pela Diretoria Executiva de Exploração, Energia e Projetos e Barbosa Neto, pela Diretoria Executiva de Fertilizantes.

O Conselho de Administração da Vale aprovou ontem a eleição do geólogo Eduardo Jorge Ledsham e do engenheiro Mário Alves Barbosa Neto como diretores executivos da Vale. Eles ocuparão duas novas diretorias: Ledsham responderá pela Diretoria Executiva de Exploração, Energia e Projetos e Barbosa Neto, pela Diretoria Executiva de Fertilizantes. O conselho aprovou ainda a revisão das atribuições dos demais diretores executivos. A Diretoria Executiva de Ferrosos, ocupada por José Carlos Martins, passa a se chamar Diretoria Executiva de Marketing, Vendas e Estratégia, sendo responsável pelo planejamento estratégico, pelo marketing e pela comercialização de "bulk materials" e metais básicos. A Diretoria Executiva de Logística, Gestão de Projetos e Sustentabilidade, liderada por Eduardo de Salles Bartolomeo, passa a se chamar Diretoria Executiva de Operações Integradas, sendo responsável pela gestão integrada dos sistemas mina-ferrovia-porto para produção de minério de ferro, manganês e carvão. A Diretoria Executiva de Não Ferrosos, ocupada por Tito Botelho Martins Junior, passa a se chamar Diretoria Executiva de Operações de Metais Básicos, sendo responsável pelas operações de metais base (níquel, cobre e alumínio). Já a Diretoria Executiva de Finanças e de Relações com Investidores, liderada por Fabio de Oliveira Barbosa, mantém as suas atribuições atuais sobre controladoria global, gestão de caixa, estrutura de capital e riscos e relações com investidores. A Diretoria Executiva de Recursos Humanos e Serviços Corporativos, ocupada por Carla Grasso, também mantém suas atribuições atuais sobre RH global, tecnologia da informação, suprimentos e serviços compartilhados. As atividades de relações institucionais passam a ser subordinadas ao consultor geral jurídico, Fábio Eduardo de Pieri Spina. Roger Agnelli continua como diretor-presidente da mineradora.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.