Tamanho do texto

SÃO PAULO - A GE anunciou hoje o local de seu primeiro centro de serviços de manutenção de turbinas aeroderivadas na América Latina

. Com investimentos da ordem de US$ 10 milhões, a empresa escolheu Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, para as instalações que atenderão a principalmente à demanda interna do país. Segundo informou a multinacional, a unidade deve entrar em operação em 2011. "Ganharemos em eficiência. O novo centro cortará, efetivamente, o tempo de serviço pela metade, eliminando altos custos de transporte, reduzindo o tempo dos clientes com o equipamento parado e diminuindo o prazo de entrega", afirmou Darryl Wilson, vice-presidente de Turbinas a Gás Aeroderivadas para a GE Power & Water. As instalações, que ficarão em um terreno de 7,9 mil metros quadrados, formarão a segunda unidade da empresa na região. A ideia da GE foi aproveitar a infraestrutura e a mão-de-obra já existente com a Celma, cuja produção é voltada para a área de aviação da multinacional. As turbinas aeroderivadas são utilizadas em usinas termelétricas e em plataformas de petróleo, para a geração de energia elétrica ou acionamento mecânico, utilizando gás ou outros combustíveis, como o etanol. (Vanessa Dezem | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.