A British Petroleum (BP) afirmou ontem que, após três meses e meio, conseguiu estancar o vazamento de petróleo no Golfo do México

selo

A British Petroleum (BP) afirmou ontem que, após três meses e meio, conseguiu estancar o vazamento de petróleo no Golfo do México. Segundo a empresa, o processo de bombear cimento fresco para o fundo do mar com o objetivo de fechar o poço foi bem-sucedido. Um dia antes, equipes arrastaram toneladas de lama pesada para tentar empurrar o óleo na superfície de volta para a fonte do vazamento, no fundo do mar. O cimento foi o passo seguinte da operação, batizada pela empresa de "morte estática". "Ainda não é o fim, mas podemos praticamente afirmar que não há chances de o óleo continuar vazando no meio ambiente", afirmou o almirante aposentado Thad Allen, que supervisiona o vazamento no golfo a pedido do governo americano. O avanço é mais um capítulo na batalha para conter o vazamento. Nesta semana, um relatório do governo indicou que cerca de 25% do óleo que vazou continua na natureza. Pescadores que trabalham na Flórida, no entanto, afirmam que banhistas e mergulhadores continuam encontrando petróleo em áreas que foram declaradas limpas pelo governo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.