A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje a distribuidora paranaense Copel a aplicar reajuste médio de 2,46% nas tarifas que cobra de seus consumidores

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje a distribuidora paranaense Copel a aplicar reajuste médio de 2,46% nas tarifas que cobra de seus consumidores. De acordo com a Aneel, para os clientes que recebem energia em alta tensão, como as indústrias, o efeito médio será de um aumento de 1,61%. Já para os consumidores de baixa tensão, como os residenciais, o aumento será de 3,08%.

As novas tarifas começam a vigorar na próxima quinta-feira, dia 24. Atualmente, a Copel abastece cerca de 3,5 milhões de unidades de consumo, em 392 municípios do Paraná, incluindo a capital, Curitiba.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.