Tamanho do texto

Declínio foi em comparação com o mês anterior; segmento enfrenta dificuldade na liberação de crédito, afirma a entidade

As vendas do mercado brasileiro de motocicletas caíram 16% em junho em relação ao mês anterior, informou hoje a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a alta foi modesta, de 1%.

O segmento de duas rodas ainda sofre com a dificuldade na liberação de financiamentos, afirma o presidente da entidade, Jaime Matsui. Apesar disso, ele espera uma recuperação gradativa no segundo semestre.

"Os fabricantes estão confiantes e investindo fortemente no setor. Esse primeiro semestre marcou recorde histórico de investimento", observa. Em junho, foram fabricadas 142,5 mil motocicletas, número 15% inferior à produção de maio. Já as exportações, muito afetadas pela crise no ano passado, seguem em alta, com 5,9 mil unidades vendidas, 18% a mais do que em maio.

No acumulado do ano, as vendas do atacado no primeiro semestre cresceram 11% na comparação com o mesmo período de 2009, com a comercialização de 872.824 unidades. A produção do setor mostrou incremento de 18%, enquanto as exportações acumulam alta de 10%, com 31.430 motocicletas exportadas de janeiro a junho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.