Tamanho do texto

Vale inicia projeto de cobre na Zâmbia com parceira

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Vale informou nesta sexta-feira que vai iniciar o desenvolvimento do seu projeto de cobre na Zâmbia em parceria com a africana Rainbow Mineral, uma joint-venture dividida meio a meio entre as duas companhias estimada em cerca de 400 milhões de dólares.

A projeção é de que o início da produção ocorra em 2013 e a capacidade máxima de 45 mil toneladas métricas por ano de cobre em concentrado seja atingida em 2015.

"A vida esperada da mina é de 28 anos, incluindo três anos do programa de exploração para avaliação da área que possui um potencial de expandir a produção de concentrado de cobre para 100.000 toneladas métricas por ano de 2020 em diante", afirmou a Vale em um comunicado.

As duas primeiras minas que serão desenvolvidas são a South e a East Limb. Em seguida, segundo a Vale, a mineração chegará

a camadas mais profundas, "de maior teor e mais amplas", observou.

Segundo a mineradora, o investimento na Zâmbia faz parte do projeto de se tornar um dos maiores produtores mundiais de cobre. Atualmente a Vale é a maior em minério de ferro e a segunda em níquel.

(Por Denise Luna)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.