Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Toyota fará recall do Corolla no Brasil

Desprendimento do tapete do assoalho do veículo pode prejudicar a aceleração; as informações são do Procon-SP

iG São Paulo |

A montadora japonesa Toyota vai convocar um recall do modelo Corolla no Brasil. A falha identificada está no tapete do veículo, que pode prender o acelerador do carro. A data de convocação dos proprietários e o número de veículos envolvidos ainda não foram divulgados. As informações são da Fundação Procon-SP.

Divulgação
Modelo Corolla, da Toyota: instruções para o recall ainda são desconhecidas
Segundo nota do Procon, o Grupo de Estudos Permanentes de Acidentes de Consumo (GEPAC), ligado ao Ministério da Justiça, informou que a montadora decidiu fazer o recall do modelo de 2009. 

“O resultado da reunião foi satisfatório, pois mostrou a força da união dos órgãos de defesa do consumidor, que conseguiram garantir a preservação da segurança dos motoristas”, afirma Roberto Pfeiffer, diretor-executivo da Fundação Procon-SP, em nota.

Na quinta-feira, o Ministério Público de Minas Gerais suspendeu as vendas do modelo por identificar um desprendimento do tapete do assoalho do veículo.

O iG procurou a Toyota nesta sexta-feira à noite, mas ninguém da montadora não foi localizado para comentar a decisão.

MP de Minas Gerais

Nesta quinta-feira depois da decisão do Ministério Público mineiro, a Toyota do Brasil emitiu um comunicado informando que "respeita, mas não concorda" com a decisão de suspender as vendas do modelo Corolla em todo o Estado de Minas Gerais, após alguns veículos apresentarem problema de aceleração contínua causado pela falta de fixação do tapete ao assoalho.

A decisão, tomada por meio do Procon-MG, foi baseada em nove casos de veículos que apresentaram problemas de aceleração contínua, o que, de acordo com o órgão, coloca em risco a vida de pessoas.
A Toyota do Brasil reconhecia e lamentava o registro dos casos com o modelo Corolla 2009, lançado em abril de 2008.

Mas ela assegurava que os veículos Corolla não apresentam qualquer defeito que possa vir a causar aceleração involuntária e garantia que os tapetes genuínos foram projetados para assegurar perfeita montagem no veículo e desde que instalados corretamente não apresentam possibilidade de interferir no movimento do pedal.

Leia tudo sobre: Toyota

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG